Conversando com Tony Peixotoformado em engenharia e com mais de 26 anos na indústria de Shopping Centers no Brasil — foi possível aprender muito sobre negócios. Se você se interessa pelo mundo empreendedor e pelo universo das startups esse conteúdo foi feito para você.

  • Novo momento das Startups
  • Constante aprendizado
  • Propósito
  • Investimento na PQ7
  • Se reinventar
  • Indicações de conteúdos

Novo momento das Startups

A princípio é fundamental destacarmos a importância de nos inspirar nas pessoas que têm sucesso com startups dentro da normalidade, pessoas que aos poucos vão aprendendo e crescendo. Além disso, é preciso lembrar que com a pandemia acabamos antecipando cinco anos o que iria acontecer. Vivemos uma nova forma de empreender, antes fazia um planejamento de cinco anos para montar uma empresa, agora isso é diferente, com bem menos tempo é possível criar uma empresa. O cenário empreendedor mudou e temos que aprender com isso, nos atualizar sempre.

Constante aprendizado

O Tony voltou a estudar, foi fazer um MBA, pois as palavras, a forma, os planejamentos, as estruturas, as ferramentas já não são mais as mesmas. São novas para um novo momento. Pouquíssimos conseguem ser bem sucedidos sem estudo, por isso temos que estar em constante aprendizado. Além disso, nesse novo momento digital temos que ser mais rápidos, estar pronto para quando for necessário.

Propósito

Outro fator que se difere da gestão das empresas de antes é que atualmente as pessoas buscam um objetivo mais humano, temos uma visão mais social, pensando na diversidade, nas minorias e em ser transparente. Também temos a perspectiva de dividir com quem está ao nosso lado os lucros de forma mais adequada, pois sozinhos não fazemos nada. Nos esforçamos para alcançar nosso propósito e passar isso para os outros. Portanto, é uma visão de gestão de empresa muito mais social, na qual dá mais valor para as pessoas, e isso é essencial, pois por mais que tenhamos toda a parte tecnológica sempre tem alguém por trás.

Investimento na PQ7

O Tony é um investidor da PQ7 e nos explica que o motivo disso foi para realmente colocar a mão na massa, entender tudo aquilo que é aprendido na teoria, mas na prática. Percebemos que é uma rotina de descoberta diários e que a experiência é uma forma de aprender muito eficaz. Também destacamos aqui que é fundamental que o empreendedor desenvolva algumas características nesse processo, como resiliência e proatividade. 

Se reinventar

A capacidade de estar na busca de aprender, de ir atrás de novos desafios e tentar quantas vezes for preciso são marcas do Tony. Ele nos explica que a força para ser assim e fazer isso vem da necessidade de deixar um legado, pensar no que vai deixar para sociedade. Não só para estar com a mente saudável, sempre a exercitando, mas também para poder ajudar os outros. Para provar para as pessoas que existe uma saída e depende só da gente.

Indicações de conteúdos

Ele compartilha conosco suas dicas de conteúdos: o filme “Pad Man” e o livro “O poder do equity” de João Kepler.